Trovas de Irmão

    Agora, depois da morte,
    Percebo, de alma sofrida,
    Que a vida que a gente leva
    É o que se leva da vida.

    Triunfos em pranto alheio?!...
    Mentira...Conquista vã...
    Muita grandeza de hoje
    É a lágrima de amanhã.

    Acende a luz da alegria
    Sem que a sombra te degrade,
    Prazer conjugado à culpa
    É ovo de enfermidade.

    Ante insultos do caminho,
    Por mais que o golpe te doa.
    Nunca reclames. Trabalha.
    Nem condenes. Abençoa.

    Pessoa que te injurie
    Deixa que fique onde está,
    Olvida, serve e perdoa,
    Que a vida responderá.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens