A+ | A- | Imprimir | Ouça a MSG | Ant | Post

Pretendes ajudar com segurança os homens atormentados da Terra, agora, quando as clarinadas da verdade chegam aos teus ouvidos espirituais, modulando as bênçãos dos Céus.

Gostarias, porém, de possuir os recursos da palavra fácil, para, na imprensa escrita ou falada, atingires a grande massa.

Sentes a dor de muitos enfermos e, atribulado, dizes mentalmente que os ajudarias, se dispusesses da mediunidade curadora.

Procuras esclarecer aqueles que se detêm a ouvir-te, e te aquietas, muitas vezes, vencido, porque não registras mediunicamente as vozes que informam e revelam.

E afirmas, desanimado: "não vejo, não ouço, não escrevo, nada posso fazer..."

Não creias, porém, que o ministério divino do amor, no mundo, dependa de recursos excepcionais.

Os grandes servidores da Humanidade se ignoravam.

Mesmo quando atingiram o ápice das sublimes tarefas, jamais abandonaram os labores humildes de tão grande valia.

Homens-fenômeno sempre existiram na Terra, sem conseguirem transformar o mundo para melhor.

No entanto, foram aqueles que muito amaram que se converteram em bússola e em remédio, claridade e segurança para todos.

Não aguardes, assim, perfeição para ajudar e orientar.

Antes do exercício médico, o futuro esculápio labora como enfermeiro, e todo navegador jamais começou o exercício do comando, em alto posto, ignorando as posições-chave, na engrenagem das naus. 

Faze o bem a alguém, discretamente. 

Nem todos te poderão receber de improviso.

Também demoraste a aceitar as diretrizes que hoje te norteiam a vida.

Avança, alentando as almas que encontres ou que te encontrem, e enquanto haja fatores-possibilidade, dilata a verdade e o bem.

O poeta Keats, aos 25 anos, vencido por tuberculoso pertinaz, recebeu a morte com júbilo...

Ticiano, aos 94 anos, confiante, pintava, confirmando sua mestria.

Milton não desistiu de lutar por ser cego... 

Pasteur, hemiplégico, não desanimou... 

Tackeray escrevia com espírito, embora a amada esposa estivesse louca...

Steinmtz, apesar de corcunda, realizou prodígios na ciência.

Haendel, empobrecido e meio paralítico empenhou-se com ardor para que o Messias, com o seu coro de Aleluia, deslumbrasse o mundo...

E Jesus Cristo, o Operário por excelência, rejeitou os que dispunham de títulos e recursos, para convocar "homens simples e rudes" para a propagação do Reino de Deus na Terra, atingindo as culminâncias do messianato nos colóquios com a dor dos corações que em segredo O buscavam, nas formosas jornadas de expansão da Boa Nova.

E ainda hoje, quando a claridade do Sol Espírita penetra as criaturas, renovando-as por dentro, Ele continua convocando servidores que saibam apagar-se, para que acima de tudo brilhe a luz da esperança, alentando a vida humana no rumo do amor de Nosso Pai.


Por: Joanna de Ângelis, Do livro: Messe de Amor, Médium: Divaldo Pereira Franco


Leia Também:

Fora da Caridade não há Salvação?: por Alkindar de Oliveira
Caridade no Lar: por Camilo Chaves
Caridade Essencial: por Emmanuel
Caridade Cristã: por Idalina
Caridade, A Meta!: por Joanna de Ângelis

Avalie Esssa MSG

15 Voto(s) 0 Voto(s)

Comentários