Luta e Confia

    Não te entregues ao mal. Luta e confia,
    De mãos sangrentas pela estrada afora,
    Glorificando o bem, sofrendo embora
    A tormenta de pranto e de agonia.

    Enfrenta a tempestade e a noite fria,
    E ante a esfinge insolúvel que devora,
    Medita e silencia, sonha e chora,
    Mas espera o clarão do novo dia.

    Não procures a morte escura e extrema,
    A fuga não resolve o teu problema
    E a dor prossegue, amargurosa e crua...

    Recorda, sem cessar, seguindo avante
    Que, em tudo, há uma justiça vigilante
    E que a Vida Infinita continua...


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens