Ação Complexa

    O Espiritismo é, em sua pujante força reveladora, a própria ação do Cristianismo, na plenitude de suas verdades eternas, lutando por desobrigar o homem de sua escória de sombras e sublimizar a Vida.

    Abraça, desta forma, esforços dignificantes, amparando o presente e construindo um futuro melhor.

    Promove a libertação das consciências para que o homem voe mais alto, buscando novos horizontes de equilíbrio e luz.

    Facilita a especulação fenomênica a fim de que o exame fidedigno do intercâmbio entre as duas esferas de existência conduza à certeza plena da vida eterna, proporcionando novos climas de moralidade nas paisagens humanas.

    Deixa-se inquirir por laboratórios ou gabinetes pesquisadores, evidenciando os círculos vibratórios em que a Vida se manifesta para apresentar, ao final, suas conclusões doutrinárias capazes de desalgemar as criaturas do cárcere da negação onde a crença se deprime.

    Ensina que a morte física é seqüência normal nos círculos evolutivos onde a natureza presta serviços.

    Mostra que o Espírito liberto prossegue nos empenhos depuradores buscando novas lutas na carne onde o aprendizado se enfatiza.

    Em nome de Jesus, liberta obsidiados, cura enfermidades, multiplica favores às angústias do mundo, renova ensinamentos distribuindo a linfa preciosa que dessedenta os viajores nos desertos das provações...

    Entretanto, convém notar que o Comando Divino não nos prodigalizou as bênçãos do Espiritismo sem objetivos transcendentes, qual se fora vaidoso monarca, espalhando, entre súditos extasiados, demonstrações e testemunhos de sua glória e poder.

    Detendo-nos em exame mais rigoroso em torno da ação espírita, observando-lhe as tarefas desenvolvidas nos núcleos de serviços ao próximo, onde interesses afins dos dois planos da vida se harmonizam na conjugação de esforços, notaremos que duas frentes principais de realizações sublimes, amplas e entrosadas, se evidenciam em nome de Jesus.

    A primeira, em regime de urgência, revela a misericórdia de Deus, socorrendo este enorme hospital, como a Terra se nos revela. A segunda, não menos urgente, revitaliza o ensino do Cristo de Deus com vistas ao futuro do homem.

    Assim, Missionários do Amor Divino aprestam-se em mitigar o sofrimento e a lágrima, a dor e o desconforto dos endividados do caminho, convocando médiuns para o apostolado da fraterni- dade.

    Resulta, daí, toda ação terapêutica com que o Espiritismo busca lenir os tormentos humanos. Médicos e enfermeiros do Além engajados nos encontros da mediunidade, atendendo ao serviço de passes, à fluidificação de águas, à cirurgia trans- cendental, ao receituário fraterno, à visita às famílias em crise e aos lares em desvalimento moral, desenvolvem amplas tarefas de assistência espiritual e dilatado auxílio desobsessivo com abrangências tais que, muitos de nós, os desencarnados mais vinculados ao orbe, quanto os companheiros encarnados, ainda não ousamos avaliar.

    Estimula, também, em evidente prática do alívio ao sofrimento, os companheiros encarnados a promover a assistência material, onde a filantropia bafejada pelo amor cristão realiza prodígios de atendimento.

    imensuráveis os valores da praxioterapia que algumas instituições Espíritas desenvolvem, favorecendo a valorização do tempo pelo bom emprego das horas, entre as habilidades que se aprimoram nos aparentemente incapacitados.

    A Caridade, em todas as suas expressões, revela Jesus à nossa frente, espalhando conforto e bom ânimo.

    Destacamos, todavia, a atividade espírita que olha à frente e perscruta o porvir, desejosa de iluminar o futuro. Planta agora para colher amanhã, sem titubear ante as borrascas injuriosas ou os agravos do terreno hostil que lhe espicaçam o devotamente e a esperança, trazendo o Cristo revitalizado na divulgação da Boa Nova.

    Dizemos que aí se acha a ação preventiva do Espiritismo, preservando o futuro do homem, eliminando sombras do passado, reduzindo desequilíbrios de agora com vistas à iluminação do amanhã.

    Benfeitores da Vida Maior não dispensam, também neste caso, o concurso de médiuns da palavra e do exemplo, inspirando os serviços de evangelização das gerações novas, aconchegando crianças e jovens aos ensinos de Jesus, quanto proporcionando à madureza valiosa incursão pela aprendizagem nobilitante, seja em palestras e conferências ou na intimidade dos estudos mediúnicos, seja nas reuniões entre pais e orientadores religiosos de infância e mocidade ou nas tertúlias e confraternizações onde as idades dos participantes se diluem na homogeneidade do todo fraternal integrado no exame de temas doutrinários.

    Também, aqui, destacamos os postos avança- dos da tarefa de divulgação eficaz através de periódicos mais singelos aos jornais e revistas mais volumosos, da distribuirão de mensagens e páginas avulsas, ou da circulação do livro doutrinário, serviços que, de ordinário, se estribam nos Centros Espíritas orientados sob a Divina Inspiração.

    Fácil entendermos a Codificação em seu tríplice aspecto, refletindo a operosidade do Cristo pela redenção do homem. Espiritismo, assim, é luz nos caminhos da Vida.

    O Centro Espírita, entretanto, como célula primeira do movimento libertador de almas, é uma complexa oficina de realizações, as mais diversificadas, consolando hoje e construindo o amanhã, onde as forças dos céus estimulam o homem a organizar-se no Bem para avançar com a Luz.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens