Assistência Social

    A assistência é a fraternidade em ação. Sem ela, indiscutivelmente, os nossos mais preciosos arrazoados verbalísticos não passariam de belos mostruários sonoros.

    É necessário teorizar com o exemplo, se desejamos argumentar com eficiência e segurança no campo de nossas realizações.

    Se é verdade que as obras sem ideal são primorosas esculturas de arte humana, sem o calor da vida, a sem obras, segundo já assevera a palavra apostólica, há quase dois mil anos, não passa de um cadáver bem adornado.

    A escola, a maternidade, a creche, o hospital, o refúgio de esperança aos viajantes da amargura, o albergue, o posto de socorro, a visitação fraterna aos doentes e aos necessitados, a palestra amiga e confortadora, a casa de obsessão'>desobsessão, o auxilio de emergência aos companheiros de angústia, o amparo aos irmãos presidiários, a cooperação metódica nos centros especializados de tratamento, quais sejam os sanatórios, os hospitais e os leprosários, a contribuição desinteressada, enfim, a dor de todos os matizes e de todas as procedências, desafiam a nossa capacidade de imaginar, organizar e fazer, a fim de que possamos momentalizar a nossa Doutrina de Amor e Luz no mundo vivo dos corações.

    Trabalhemos, auxiliando-nos uns aos outros.

    Somos associados de uma só empresa de redenção, usando o sentimento, o raciocínio, as mãos, a palavra, a tribuna, a imprensa e o livro para o mesmo glorioso desiderato.

    Conscientes, pois, de nossas responsabilidades, marchamos para diante, sob a inspiração do Cristo, Nosso Senhor e Mestre, entrelaçando braços e corações na mesma vibração de otimismo e esperança, serviço e sublimação.

    Hoje é o nosso dia.

    Agora é o momento.

    O auxilio aos outros é a nossa oportunidade.

    Auxiliar é a honra que nos compete.

    Sigamos destemerosos e firmes na convicção de que o Senhor permanece conosco e, indubitavelmente, alcançaremos amanhã a alegria e a paz do mundo melhor.
    Não olvides que todos os perseguidores da luz são habitualmente enfermos de espírito acomodados ao mal.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens