Religião do Futuro

    Toda expressão de religiosa que prescreve o amor a Deus e ao próximo é credora de respeito e simpatia.
    O Espiritismo, porém, comprova a excelência do ensinamento de Jesus, a tal respeito, através de uma atitude para com a vida, em “espírito e verdade”.
    Todas as correntes espiritualistas são convergentes nos seus pontos fundamentais: a crença em Deus, na Sua justiça e na imortalidade da alma.
    O Espiritismo, entretanto, aprofunda as suas pesquisas e demonstra, mediante a reencarnação e a comunicabilidade dos Espíritos, a grandeza desses postulados.
    Todas as escolas de trabalham o homem ensinando-lhe a renovação interior.
    O Espiritismo, sem embargo, amplia esse comportamento, estabelecendo na caridade o ponto fundamental para a salvação da criatura.
    Todas as manifestações de crença consideram a vida sob dois aspectos: natural e sobrenatural.
    O Espiritismo, todavia, revelou que o sobrenatural, o oculto aos homens, é prosseguimento natural da vida em si mesma, que foi desvelado pelos imortais.
    Todas as formas de identificação religiosa promovem uma que deve ser acatada sem discussão.
    O Espiritismo, no entanto, considera como legítima somente a que pode “enfrentar a razão, face a face em todas as épocas da Humanidade”.
    Todas as doutrinas religiosas estabelecem um campo no qual domina o mistério, o dogmático, o oculto, sem fundamento científico.
    O Espiritismo, apesar disso, fez a aliança da religião com a ciência, desta se utilizando para demonstrar através dos fatos a força dos seus axiomas.
    Todas as religiões prometem a salvação dos seus fiéis, mediante sacrifícios e arrependimentos, liturgias ou crença pura e simples.
    O Espiritismo, embora valorize a , concorda com o apóstolo Tiago quando este afirma que aquela “sem obras é morta”.
    Todas as formas de religião se utilizam de técnicas de indulgências humanas para liberar os seus profitentes dos delitos perpetrados.
    O Espiritismo, evoluindo com o progresso, estabelece: “Nascer, viver, morrer, renascer ainda, tal é a lei”, até a perfeição relativa que todos devem alcançar.
    Todas as linhas religiosas se firmam em cerimônias, sacramentos, símbolos esotérico ou esotéricos, apresentando as duas faces da sua estrutura: a externa e a interna.
    O Espiritismo é a revivescência do Cristianismo ensinado e vivido por Jesus e Seus apóstolos, prescindindo de toda exterioridade ou fórmula.
    Todas as metas religiosas são alcançadas através de intermediários: sacerdotes, pastores, mestres, guias...
    O Espiritismo promove a religação direta da criatura com o Criador, capacitando-a pela educação psíquica à sintonia com o Pai, tendo como método o Evangelho de Jesus desvelado pelos Espíritos Superiores.
    Certamente, todas as religiões ensinam o melhor, de acordo com o grau evolutivo dos seus adeptos, sendo credoras de consideração e apreço.
    O Espiritismo dá-lhes o fundamento da imortalidade demonstrada pelas comunicações mediúnicas e as ilumina com a sua lógica libertadora, sendo a doutrina religiosa por excelência, na atualidade, com estrutura e ética para ser a religião do futuro, unindo todos os homens num só rebanho sob a égide do Cristo, o único Pastor.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens