Vigilância

    Ninguém desconsidere o impositivo da vigilância nas tarefas de enobrecimento abraçado. 
    A vigilância funciona como atitude de respeito e de consideração ao empreendimento assumido. 
    Carro sem freio, desastre à vista. 
    A vigilância dirá das necessidades imperiosas do equilíbrio diante das circunstâncias e dos fatores animosos que impedem um processo natural de evolução
    O egoísmo trabalha para o desespero. 

    A maledicência responde pelo tumulto. 

    A intriga promove inimizades desnecessárias. 

    O orgulho engendra tormentos íntimos. 

    A paz, todavia, decorre de uma consciência que se iliba na ação superior da vida. 

    A sensualidade conclama às paixões morbíficas. 

    O ódio grita na direção da loucura. 

    A caridade asserena o espírito

    A paciência confia e resolve dificuldades. 

    O amor é a vida mesma que estua em nome da vigilância do Celeste Pai a benefício da criatura humana. 

    Ninguém descuide o seu programa de vigilância. 

    Vigilância ao pensar

    Vigilância no dizer. 

    Vigilância no agir. 

    Atuando de maneira enobrecida e vigiando as nascentes do coração, donde procedem as boas como as coisas más, o candidato à redenção espiritual atinge a cumeada da ascensão e se liberta por fim em plenitude de paz.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior

    Acesse todas as Mensagens