Caminhar com Jesus

    “Aquele que diz permanecer nele, deve também andar como ele andou”.
    (João, Cap. I-2:6)

    Praticamente, todos os povos, de uma maneira ou de outra, conhecem a Jesus. Ouvem falar dele, lêem sobre sua passagem pela Terra, comentam seus notáveis feitos, discursam sobre suas inquestionáveis lições, fazem propostas para seguirem seus valiosos ensinamentos... mas poucos, poucos mesmo, já se predispuseram a “andar como ele andou”.
    Caminhamos com Jesus, quando sofremos qualquer tipo de ofensa e conseguimos evitar que a mágoa, a revolta ou o desejo de vingança se instale em nosso coração, aceitando naturalmente a possibilidades de exercitar o perdão.
    Caminhamos com Jesus, quando encontramos um irmão aflito ou desesperado e conseguimos frear os nossos passos, para ouvir-lhe o pedido de socorro e nos interessamos pelo seu problema.
    Caminhamos com Jesus, quando ouvimos o apelo de uma criança que segue pelas vielas da indiferença e movimentamos recursos visando diminuir-lhe os padecimentos, sem fazer perguntas.
    Caminhamos com Jesus, quando enxergamos as dificuldades que atormentam o jovem desavisado, à beira do abismo profundo das viciações ou da rebeldia e atuamos de forma a mostrar-lhe o caminho da dignidade, com perspectivas para o futuro.
    Caminhamos com Jesus, quando apresentamos, no seio familiar, exemplos de solidariedade, respeito, honradez e coragem em todos os momentos, servindo de referencial e modelo àqueles que nos observam os passos.
    Caminhamos com Jesus, quando encontramos tempo, usando parte das nossas horas de folga, para servir junto a agrupamentos ou entidades que se prestam a derramar socorro na direção das camadas populacionais que vivem com maiores dificuldades.
    Caminhamos com Jesus, quando entendemos que os problemas não devem ser preocupação somente dos órgãos governamentais, mas que estão afetos a todos nós, cabendo a cada um oferecer sua cota de contribuição para sana-los.
    Caminhamos com Jesus, quando nos preocupamos muito mais em praticar suas imprescindíveis lições do que exalta-las no cotidiano, pois que são muitos aqueles de inflamam o verbo para enaltecer o Cristo, permanecendo sem obras.
    Caminhamos com Jesus, quando cuidamos de observar os nossos defeitos, que são muitos, procurando por correção, sem nos preocuparmos com as falhas alheias, que cabem aos outros resolverem.
    Caminhamos com Jesus, quando nosso comportamento perante a vida reflete , confiança e certeza absoluta na justiça, bondade e precisão das Leis de Deus.
    “Andar como ele andou”, na expressão do Evangelista João significa dizer que não basta conhecer Jesus, exalta-lo, aplaudi-lo, comover-se diante dos seus feitos, discursar sobre sua trajetória pela Terra, mas acima de tudo exemplificar, no cotidiano, as suas monumentais lições, vivendo-as intensamente.
    Caminhar com Jesus não é fácil, mas é preciso. Então, nos esforcemo-nos para isso.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens