Cantiga da Gratidão

    O Céu te recompense, alma querida,
    Porque ouviste o convite do Senhor
    E nos trouxeste paz e luz à vida
    Pela bênção do amor.

    Deus te enriqueça as mãos ternas e ativas,
    Mãos que buscam Jesus no irmão triste e sem nome,
    Dissipando a penúria que o consome
    Ao calor da bondade que cultivas.

    Deus proteja a brandura a que te entregas,
    Quando desculpas de expressão serena
    Aquela mesma voz que te condena,
    Desconhecendo as dores que carregas.

    Deus te abrilhante a idéia justa e boa
    Com que ouves ofensas sem guardá-las,
    Para dizer somente no que falas
    Aquilo que edifica e que abençoa.

    Deus te ampare na que te sustém
    Ao enxugar as lágrimas alheias,
    Em tudo quanto inspiras e semeias
    Nas tarefas do bem.

    Deus te guarde na que te conduz
    Vencendo tempo e luta, sombra e
    Porque contigo a vida se renova
    Atendendo a Jesus.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens