Amor e Fé

    Quando te vejas, coração amigo,
    Sob o clima violento
    Das crises de tristeza e sofrimento
    Não te deixes vencer...

    Nos momentos de sombra ou de perigo
    Mantém-te na esperança em que te elevas,
    Cada noite, conquanto envolta em trevas,
    É o prelúdio de novo amanhecer.

    Procura meditar e ver mais longe
    O apoio natural em que te escudas
    É tecido no amor de forças mudas,
    Desde os astros ao chão...

    A Terra não discute, o Sol não fala
    Nada te pede à vida a floresta opulenta
    E a riqueza do ar que te alimenta
    Dá-se, de todo, sem reclamação.

    A flor que te perfuma é silêncio e beleza;
    A fonte não opina, apenas canta;
    Não tem forma verbal a força agreste e santa
    Que assimilas do mar;

    As bênçãos que te cercam, dia-a-dia,
    Proteção, segurança, alegria e defesa
    Nascem da Natureza,
    Fonte viva de Amor que não cessa de amar.

    Trabalha, regozija-te e perdoa,
    Ampara sem cobrança e auxilia a qualquer,
    "Não saiba a mão esquerda o que a direita der,"
    Esta é a lição de Cristo, ante crentes e ateus.

    Não temas caminhar, serve e prossegue...
    Resguarda-te na alta e sublime,
    Segue fazendo o bem, nada te desanime,
    Porque trazes contigo a Presença de Deus.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior

    Acesse todas as Mensagens