A+ | A- | Imprimir | Ouça a MSG | Ant | Post

Ante o serviço da seara espírita cristã, há quem recue, alegando carregar consigo excessiva carga de defeitos e imperfeições.

Entretanto ponderemos:
Se tivéssemos resolvido todos os nossos problema da vida externa...
Se todos os nossos conflitos interiores quedassem extintos...
Se fôssemos espíritos tão elevados que só atraíssemos criaturas enobrecidas...
Se houvéssemos pago todos os débitos de nossa experiências passadas, a ponto de conservarmos em nosso grupo afetivo ou doméstico apenas amigos de eleição...
Se guardássemos conosco todos os valores da educação...
Se estivéssemos tão intimamente unidos ao poder do bem, que não considerássemos, de modo algum, a existência do mal, ainda mesmo quando o mal nos fustigue...
Se amássemos a todos os nossos irmãos, quaisquer que sejam, como Jesus nos amou...
Se já fôssemos tão humildes, que conseguíssemos atribuir unicamente a Deus a autoria e posse dos bens de que sejamos depositários e instrumentos de vida, reservando para nós simplesmente o privilégio do dever retamente cumprido...

Decerto que o esforço espiritual cristão, em nosso caminho, careceria de significado, porquanto a nossa presença em serviço não seria no clima da Terra, mas sim na cúpula da Direção Divina, em plena glória celestial.


Por: Albino Teixeira, Do livro: Paz e Renovação, Médium: Francisco Cândido Xavier


Leia Também:

Trabalho: por Neio Lúcio
Conclusão Espírita: por Albino Teixeira
O Argumento Justo: por Neio Lúcio
Abstém-se: por Emmanuel
Obsessão Desconhecida: por Humberto de Campos

Avalie Esssa MSG

2 Voto(s) 0 Voto(s)

Comentários