O Que Acha o Irmão?

    João Neves, moço de muita , sempre recorria aos préstimos de benfeitor desencarnado que ajudava aos doentes por intermédio das faculdades psicofônicas de conhecida médium.

    Por mais de cinco anos consecutivos, o Espírito amigo tratava da saúde de João, através de passes, com inexcedível paciência.

    Certo dia, incorporado à médium, o caridoso amigo considerou:

    - João, tudo temos feito por suas melhoras. Entretanto o problema gástrico está renitente.

    E ajuntou:

    - Que comeu você hoje no almoço?

    O rapaz informou presto:

    - Comi feijão e arroz, um prato de saladas, dois pães com manteiga, dois bifes, quatro ovos e duas xícaras de ca quente. É... – e relanceando o olhar pela sala, como se recorresse à memória, acrescentou:

    - Parece que foi só isso.

    Notando que o espírito silenciara, João indagou:

    - Que acha o irmão?
    O benfeitor sorriu, através da médium, e respondeu:

    - Eu, João? Que posso falar? Penso apenas que o único remédio em seu caso seria Deus conceder a você dois estômagos...


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior

    Acesse todas as Mensagens