Trabalho Maior na Casa Espírita

    "Urge, contudo, que os espiritistas, esclarecidos no Evangelho, procurem compreender a feição educativa dos postulados doutrinários, reconhecendo que o trabalho imediato dos tempos modernos é o da iluminação interior do homem, melhorando-se-lhe os valores do coração e da consciência. "
    Emmanuel
    O Consolador", Francisco Cândido Xavier, questão n. 255, cap. V - "Evolução", Editora FEB

    A missão primordial do Espiritismo é a melhoria moral da Humanidade.

    A evangelização das criaturas constitui a função mais importante dentro do espírita'>centro espírita. Com este entendimento, cabe aos trabalhadores espíritas colocarem o Evangelho como instrução básica e fonte de iluminação de si mesmos, visando primeiramente: sua transformação moral, sua renovação íntima, seu aprimoramento do coração, sua educação cristã dos hábitos, seu desenvolvimento dos sentimentos de caridade e fraternidade, antes de se entregarem às tarefas de divulgação junto ao povo.

    Todo espírita atuante, mormente os dirigentes, os expositores doutrinários, os explicadores do Evangelho, os evangelizadores da criança, os samaritanos abnegados da caridade nas atividades de assistência e os cooperadores na divulgação doutrinária necessitam refletir, seriamente, quanto à finalidade do Evangelho no mundo.

    Inadiável ao espírita educar-se no Evangelho, transformando sua vida para melhores padrões de espiritualidade superior. Reformados em Jesus Cristo, possamos ensinar e iluminar, esclarecer e compreender, trabalhar e servir, objetivando a elevação da moral e do caráter das pessoas que adentram a casa espírita - a grande oficina do Bem na educação das almas.

    Cultuemos Kardec e Jesus no santuário da consciência e do coração. Esta tarefa individual de kardequização do raciocínio e cristianização dos sentimentos em nós não é conquista muito fácil, pois demanda muita força de vontade e esforço perseverante para aprender e desenvolver-se nas linhas mestras do Evangelho de Luz Eterna.

    Kardec é o mestre maior do pensamento lógico, do conhecimento doutrinário e dos tesouros inestimáveis da raciocinada.

    Jesus é o mestre por excelência dos corações. Ofertou-nos, em seu Evangelho de tesouros celestes, os fundamentos do amor universal, as normas de boa conduta, as regras para correção de nossos defeitos, os princípios fraternais das boas maneiras, as disciplinas de aprimoramento dos sentimentos e os processos profundos de reeducação da alma, de modo livre e consciente.

    Casa espírita é lar cristão dos trabalhadores de boa vontade, cujo Comandante Supremo é Jesus. E escola sublime das almas, é oficina abençoada do Bem Eterno e hospital atencioso aos espíritos atormentados.

    Quem chega à casa espírita, pedindo apoio, não é mais um elemento, nem mais um adepto, nem mais um paciente, nem mais um doente, nem mais um cliente, nem mais um contribuinte financeiro, nem mais uma pessoa pobre: é, especialmente e acima de tudo, um irmão que Jesus enviou aos nossos corações, esperando a migalha do amor.

    Toda movimentação de amor, verdade e luz na casa espírita, mais cedo ou mais tarde, provocará o despertar do espírito humano, por mais descrente e embrutecido seja, favorecendo suas necessidades de renovação e reforma íntima perante o Evangelho.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens