Pessoas positivas têm melhor resposta imunológica

Vários estudos já evidenciam que pessoas otimistas, com atitudes positivas frente à vida, são mais saudáveis, mas esse estudo mostra os possíveis mecanismos cerebrais do porquê isso ocorre.

Em estudo publicado recentemente numa revista científica de prestígio, a Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), cientistas da Universidade de Wisconsin-Madison revelaram que determinada atividade cerebral em pessoas com atitudes positivas se correlacionou com uma função imunológica melhor.

Vários estudos já evidenciam que pessoas otimistas, com atitudes positivas frente à vida, são mais saudáveis, mas esse estudo mostra os possíveis mecanismos cerebrais do porquê isso ocorre. Estudando a função de uma região cerebral chamada de córtex pré-frontal, os cientistas descobriram que pessoas com atitudes positivas apresentaram uma ativação maior no córtex pré-frontal do lado esquerdo, e que essa ativação se correlacionou com uma resposta imunológica melhor. Da mesma forma, pessoas com padrão mental negativo apresentaram ativação do lado direito e resposta imunológica mais pobre.

A função cerebral foi estudada através da eletroencefalografia e a função imune através da resposta à vacinação para gripe. Esse estudo vem sedimentar o grau de evidência científica que suporta a relação entre atitudes mentais positivas e a saúde. A espiritualidade/religiosidade, quando veicula e estimula comportamentos positivos, certamente contribui para um vida mais saudável.

Estudos anteriores demonstram também que pessoas com atividade religiosa, fé e atitudes positivas têm uma expectativa de vida sete anos maior que aqueles que não possuem tais qualidades.

A ciência médica está à procura de tratamentos cada vez melhores para as diversas doenças que afetam a humanidade. O tratamento ideal é aquele que seja realmente eficaz (que tenha resultado positivo), que não tenha efeito colateral e que tenha custo baixo. Dentro desse conceito, o tratamento espiritual, a prece, as atitudes positivas, a fé são instrumentos terapêuticos de imenso potencial do arsenal de tratamentos médicos.

Da mesma forma que a Medicina de hoje busca avanços tecnológicos, há também um direcionamento para o campo da espiritualidade.


Matéria publicada na Folha Espírita em maio de 2004



A+ | A- | Notícia Anterior | Posterior

Datas Importantes do Espiritismo

FEVEREIRO

Dia 01 de 1834
Nasce Francisco Leite de Bittencourt Sampaio, em Laranjeiras, Sergipe. Desencarna no Rio de Janeiro, RJ, a 10 de outubro de 1895
Dia 01 de 1841
Nasce em Buffalo, EUA, o médium de efeitos físicos William Henry Davenport
Dia 01 de 1856
Nasce Anália Emília Franco, em Resende, RJ. Desencarna a 20 de janeiro de 1919, em São Paulo, SP.
Dia 01 de 1905
Nasce em Pacatuba, Ceará, Francisco Peixoto Lins, o Peixotinho, notável médium de efeitos físicos. Conhecido, especialmente, pelas materializações luminosas.
Dia 02 de 1882
Nasce Romeu do Amaral Camargo, na cidade de Rio Claro, SP. Desencarna a 10 de dezembro de 1948.
Dia 02 de 1985
Em Araras, SP, desencarna Genny Villas Boas Mercatelli, fundadora do Hospital Psiquiátrico Antônio Luiz Sayão. Nascida em Santa Rita do Passa Quatro, SP, em 10 de fevereiro de 1911.
Dia 02 de 1990
Divaldo Pereira Franco concede entrevista de 20 minutos à Rádio Universitária de San Juan, em Porto Rico.
Dia 03 de 1955
Desencarna Camilo Rodrigues Chaves, Presidente da União Espírita Mineira. Nascido em Campo Belo da Prata, hoje Campina Verde, no Triângulo Mineiro, a 28 de julho de 1884.
Dia 03 de 1982
Divaldo Pereira Franco concede entrevista de 2 horas à Rádio Cadena Az... Saiba mais...