O livro Nosso Lar do Espírito André Luiz ainda é fonte de estudo e revelação do Mundo Espiritual

O livro Nosso Lar é o primeiro de uma série que ficou conhecida como a Série André Luiz e que se constitui em importante acervo de quase duas dezenas de obras psicografadas pelo médium Chico Xavier. André Luiz é o pseudônimo do autor espiritual que assina a seqüência de obras. Na apresentação do livro, datada de 3 de outubro de 1943, o Espírito Emmanuel assinala: “(...) o anonimato é filho do legítimo entendimento e do verdadeiro amor. (...) André precisou, igualmente, cerrar a cortina sobre si mesmo. (...) É por isso que não podemos apresentar o médico terrestre e autor humano, mas sim o novo amigo e irmão na eternidade. Para trazer valiosas impressões aos companheiros do mundo, necessitou despojar-se de todas as convenções, inclusive a do próprio nome, para não ferir corações amados, envolvidos ainda nos velhos mantos da ilusão.(...)”.

Experiência própria
O livro, assim como a série que o seguiu, é o relato da experiência do autor espiritual na chegada ao mundo espiritual, das observações que pôde fazer, das experiências que viveu e do aprendizado vivo a cada instante em relatos de profundidade e sabedoria que trouxe ao mundo material através da psicografia do médium Xavier. Tendo sido médico na última encarnação, “(...) André Luiz vem contar a você, leitor amigo, que a maior surpresa da morte carnal é a de nos colocar face a face com a própria consciência, onde edificamos o céu, estacionamos no purgatório ou nos precipitamos no abismo infernal; vem lembrar que a Terra é oficina sagrada, e que ninguém a menosprezará, sem conhecer o preço do terrível engano a que submeteu o próprio coração. (...)”. Notem os leitores que a citação de céu, inferno ou purgatório está ligada à consciência e não a lugares físicos determinados...

E a série?
Os livros que surgiram em seqüência, pela ordem, são: Os Mensageiros, Missionários da Luz, Obreiros da Vida Eterna, No Mundo Maior, Agenda Cristã, Libertação, Entre a Terra e o Céu, Nos Domínios da Mediunidade, Ação e Reação, Evolução em Dois Mundos , Mecanismos da Mediunidade, Conduta Espírita, Sexo e Destino, Desobsessão e E a vida continua, entre outros que surgiram posteriormente como Sol nas Almas e Sinal Verde.


Destaques
O livro apresenta em sua página de rosto a expressiva frase: Quando o servidor está pronto, o serviço aparece. Convido o leitor a refletir na extensão, alcance e profundidade da afirmativa, sem acrescentar outros comentários. Por outro lado, os cinqüenta capítulos da obra desdobram-se desde a surpresa do despertar em zona escura e desagradável do plano espiritual, ao socorro trazido pelo Benfeitor Clarêncio, até às surpresas do aprendizado que foi conquistando gradativamente, inclusive nas curiosas questões da organização e serviços, problema de alimentação, vida social, reencontros com antigos afetos e desafetos, a descrição do umbral, entre outras importantes considerações que o leitor encontrará nas preciosas páginas.

Por que Nosso Lar?
Nosso Lar é o nome de cidade espiritual localizada nas esferas espirituais que se localizam acima da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil. As descrições de suas atividades, sua governança, sua história e as experiências descritas pelo autor transmitem a dimensão de sua grandeza e importância no acolhimento, atendimento, orientação aos habitantes e recolhidos em suas dependências e igualmente as noções do planejamento de reencarnações supervisionadas pelas equipes diretoras da importante colônia espiritual.

Ensinos
Dentre os valiosos ensinos do livro, para situar o leitor na grandeza da obra, destaco dois pequenos trechos:
1- Estamos nas esferas espirituais vizinhas da Terra, e o Sol que nos ilumina, neste momento, é o mesmo que nos vivifica no corpo físico. Aqui, entretanto, nossa percepção visual é muito mais rica. (capítulo 3, página 27 da 47ª. edição);
2- A alma, em si, apenas se nutre de amor. Quanto mais nos elevarmos no plano evolutivo da Criação, mais extensamente conheceremos essa verdade. (capítulo 18, página 101).

Fica, pois, ao leitor, nossa indicação de leitura.


Orson Peter Carrara - Matão-SP


Acesse o cartaz do evento e ajude a divulgar: Clique Aqui

Notícia Anterior | Posterior

Datas Importantes do Espiritismo

DEZEMBRO

02/12/1886 – Data de nascimento de José Petitinga, conhecido espírita baiano. Nesta mesma data nasceu na Tchecoslováquia Frederico Figner que se tornou diretor da Federação Espírita Brasileira.
02/12/1868 – Data de desencarne do responsável pela primeira edição das obras básicas da codificação, o livreiro Didier.
04/12/1935 – Data do desencarne do criador da metapsíquica, Charles Richet.
10/12/1944 – Data de fundação da Cruzada dos Militares Espíritas.
10/12/1874 – Data do nascimento de um dos maiores tribunos espíritas: Manuel Viana de Carvalho.
11/12/1761 – Data de nascimento de Joanna Angélica, em Salvador, Estado da Bahia. São bastante conhecidas suas obras trazidas através da mediunidade de Divaldo Pereira Franco, sob o nome de Joanna de Angelis.
15/12/1859 – Nasce Lázaro Luiz Zamenhof, o criador do Esperanto.
18/12/1903 – Data do desencarne de Augusto Elias da Silva, fundador da revista Reformador e um dos fundadores da FEB.
24/12/1900 – Data do nascimento de Yvonne do Amaral Pereira.
24/12/1872 – Data de nascimento do esperantista Francisco Waldomiro Lorenz.
25/12/1915 – É fundada a Federação Espírita do Estado da Bahia.
30/12/1935 – É fundada em Piracicaba (SP) a “Associação Espírita Urubatão”

... Saiba mais...