Deduções do Caminho

    Aviso sem endereço:
    Ilusão é sempre assim.
    Muito doce no começo.
    Muito amargosa no fim.

    Provérbio justo e sereno
    Que não falha onde se aplica:
    Quanto melhor o terreno
    Mais propenso á tiririca.

    Pensamento lapidar
    Quem não se pode esquecer:
    Quem para de trabalhar
    Começa logo a morrer.

    Sábio que vive encoberto
    Sem dar das luzes que tem:
    Tamareira no deserto
    Quando não serve a ninguém.

    Sabedoria de lei
    Nas leis da Sabedoria:
    Quem sabe dizer “não sei”.
    Não inventa fantasia.

    Dos ensinos vida afora.
    Nunca vi assim tão grande:
    Felicidade não mora
    Onde trabalha não ande.

    Ao destino que se entorte
    Não recuses simpatia:
    Provação é igual à morte,
    Cada qual tem o seu dia.

    A caridade, amor puro, -.
    Crédito vivo em ação,
    A prece – saque seguro,
    Na hora da petição.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens