A+ | A- | Imprimir | Ouça a MSG | Ant | Post

Quando a pessoa entrou no Espiritismo, é fácil verificar: basta perquirir um fichário ou escutar uma indicação. Entretanto, a fim de positivar se o Espiritismo entrou na pessoa, é indispensável que a própria criatura faça menção disso, através de manifestações evidentes.

Vejamos dez das inequívocas expressões do sinal espírita na individualidade, que sempre se representa pelo designativo “mais”, nos domínios do bem:

Mais serviço espontâneo e desinteressado aos semelhantes;
Mais empenho no estudo;
Mais noção de responsabilidade;
Mais zelo na obrigação;
Mais respeito pelos problemas dos outros;
Mais devotamento à verdade;
Mais cultivo de compaixão;
Mais equilíbrio nas atitudes;
Mais brandura na conversa;
Mais exercício de paciência.

Ser espírita de nome, perante o mundo, decerto que já significa trazer legenda honrosa e encorajadora na personalidade, mas, para que a criatura seja espírita, à frente dos Bons Espíritos, é necessário apresentar o sinal espírita da renovação interior, que, ante a Vida Maior, tem a importância que se confere na Terra às prerrogativas de um passaporte ou ao valor de uma certidão.


Por: Albino Teixeira, Do livro: Caminho Espírita, Médium: Francisco Cândido Xavier


Leia Também:

Espíritas: por Bezerra de Menezes
Diante de Tudo: por Bezerra de Menezes
Espiritismo nas Opiniões: por André Luiz
Vinte Modos: por André Luiz
Revolução: por Emmanuel

Avalie Esssa MSG

3 Voto(s) 0 Voto(s)

Comentários