Passo de Luz

    Nas tribulações ou discórdias que nos agravem os problemas da vida, recordemos a necessidade de certo donativo, talvez dos mais difíceis na beneficência da alma – o primeiro passo para o reajuste da harmonia e da segurança.

    Isso significa para nós um tanto mais de amor, ainda mesmo quando nos vejamos ilhados no espinheiro vibratório da incompreensão.

    Por vezes é o lar em tumulto reclamando a tranqüilidade, à face do desentendimento entre criaturas queridas.

    Noutras circunstâncias, são companheiros respeitáveis, em conflito uns com os outros.

    Em algumas situações, é o estopim curto da agressividade exagerada nesse ou naquele amigo, favorecendo a explosão violenta.

    Em muitos lances do caminho é o sofrimento de algum coração brioso e nobre, mas ainda tisnado pelo orgulho a ferir-se.

    Nessas horas, quando a sombra se nos estende a vida, em forma de perturbação e desafio a lutas maiores, bem-aventurados sejam todos aqueles que se decidam ao primeiro passo da benevolência e da humildade, da tolerância e do perdão, auxiliando-nos na recomposição do caminho.

    Onde estiveres, com quem seja, em qualquer tempo e tanto quanto puderes, dá de ti mesmo esse acréscimo de bondade, recordando o acréscimo de misericórdia que todos recebemos de Deus, a cada trecho da vida.

    Alguém nos injuria?
    Suportar com mais paciência.

    Aparece quem nos aflija?
    Disciplinar-nos sempre mais na compreensão das lutas alheias.

    Surgem prejuízos?
    Trabalhar com mais vigor.

    Condenações contra nós?
    Abençoar e servir constantemente.

    Em todas as situações, nas quais o mal entreteça desequilíbrio, tenhamos a coragem do primeiro passo, em que a serenidade e o amor, a humildade e a paciência nos garantam de novo a harmonia do Bem.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens