Segue

    Segue gemendo no caminho estreito,
    De pé sangrando em chagas dolorosas,
    Sustentando alegrias que não gozas,
    À renúncia rendendo excelso preito.

    Na cruz pesada que te oprime o peito,
    Encontrarás estrelas milagrosas,
    Sob chuvas de bênçãos e de rosas,
    Que dimanam do Amor Santo e Perfeito.

    Se o temporal de lágrimas te encharca,
    Seja a Esperança a luminosa marca
    Que te assinale as súplicas sinceras!...

    Somente a dor na terra estranha e escura
    Apaga na corrente da amargura
    Os erros que trazemos de outras eras...


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens