A+ | A- | Imprimir | Ouça a MSG | Ant | Post

Meus irmãos: Jesus nos abençoe.

A obra do Senhor conta com servidores de todas as latitudes, tendências e direções.

Alguns somente cooperam em tarefas que lhes agradem.
São os obreiros caprichosos.

Outros não colaboram, se a multidão dos amigos não lhes observa os esforços.
São os obreiros vaidosos.

Alguns ajudam, segundo as circunstancias do tempo.
São os obreiros inconstantes.

Vários comparecem, a fim de reparar as contribuições alheias.
São os obreiros levianos.

Diversos colaboram indicando os defeitos dos companheiros.
São os obreiros escarnecedores.

Muitos auxiliam, quando há benefícios imediatos.
São os obreiros oportunistas.

Não poucos surgem no serviço, reclamando as vantagens para o seu circulo pessoal.
São os obreiros egoístas.

Grande parte intervém no trabalho, discutindo direitos e prioridades, privilégios e favores para si ou para aqueles que se lhes façam simpáticos.
São os obreiros apaixonados.

Inúmeros aparecem nos quadros da ação, enganando o tempo e menosprezando-o, recebendo sem dar, desfrutando sem retribuir e absorvendo a luz e a benção sem irradiá-las.
São os obreiros infelizes.

Mas, o Mestre glorifica-se nos cooperadores que não cogitam de prerrogativa e remuneração, que servem onde, como e quando determina a sua Vontade Sabia e Soberana.
São os “Obreiros da Boa Vontade”.


Por: André Luiz, Do Livro: Através do Tempo, Médium: Francisco Cândido Xavier - Espíritos Diversos


Leia Também:

Aos Obreiros de Boa Vontade: por André Luiz
Boa Vontade: por Meimei
Vontade e Destino: por Emmanuel
A Regra de Ajudar: por Neio Lúcio
Seja Feita a Divina Vontade: por Emmanuel

Avalie Esssa MSG

11 Voto(s) 0 Voto(s)

Comentários