Esse, o Caminho

    Rogaste a Deus acesso à felicidade.

    Entretanto, hoje mesmo, ofereceste aos próprios irmãos o veneno do pessimismo no prato da intolerância.

    Gritaste maldição para os que te feriram e acusaste por desertores os amigos que a vida arredou para longe de teu afeto.

    Assinalaste companheiros sofredores com objetivos amargos e fugiste à presença dos que te rogavam consolação.

    Pára e pensa.

    Cada pessoa necessitada, quanto cada problema, constituem degraus para a Grande Subida.

    A ingratidão dos familiares e o azedume dos que mais amas são convites e apelos à revelação de tua própria bondade.

    Suportando o buril, o mármore desvela a obra prima e tolerando os golpes do arado é que a terra produz.

    Esse é o nosso caminho para o triunfo.

    É por isso talvez que Jesus escolheu a cruz da renunciação à maneira de trono para a suprema vitória.

    Nem conforto entre os homens, nem piedade para si mesmo.

    Somente o amor puro, embora sangrando, mas de braços abertos.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens