Coragem

    Coragem deve ser o vosso lema.
    Coragem de enfrentar as situações criadas por vós mesmos.
    Coragem de colher o fruto cuja semente semeastes.
    Coragem, enfim, de reagir, de prosseguir na luta, embora tudo pareça tombado e destroçado.
    A vida é a mestra que, de quando em quando, nos convida a enfrentar uma banca examinadora. Põe-nos em frente a nós mesmos, para que nos vejamos, para que encontremos no fundo de nosso ser o Eu Divino, que tão pouco tem se expressado por nosso intermédio, tal o vozerio louco do nosso eu inferior.
    Muitas lágrimas, muita tristeza sentimos, quando percebemos que estamos nos arrastando ainda, no lodaçal das paixões mesquinhas...
    Por que será que, para nos vermos realmente, temos que ser arrastados pelas circunstâncias dolorosas da vida?...
    Caminhamos felizes, despreocupados, convictos de que estamos indo muito bem. De repente, tudo muda. A vida nos põe à prova. Nos leva a situações que, quando acordamos, sentimos que vivemos um pesadelo, tal a sensação crucial em que nos achamos.
    São, realmente, provas inesperadas, situações surgidas de repente e nós nos portamos como seres pequeninos, inferiores.
    Depois, as conseqüências... as dolorosas conseqüências...
    Quanto daríamos para retroceder e fazer tudo de novo, consertando ou evitando o erro cometido?!...
    Só a coragem nos poderá salvar de um desmoronamento total.
    A coragem de não nos acovardarmos, de reconhecermos que realmente cometemos uma falta, mas que, para os "grandes males", grandes remédios".
    Surgirá, por certo, uma solução, um modo de corrigirmos o erro, uma vez que reconhecemos que erramos e queremos conserta-lo. "Tudo é possível àquele que crê".
    Entregar-se às mãos do Mestre Jesus, implorar a sua misericórdia para a nossa fraqueza de quem tudo será resolvido do melhor modo possível.
    Não desanimemos, nem nos revoltemos contra nós mesmos nem contra ninguém, vendo em tudo que nos acontece, apenas a lição que a vida nos oferece, a prova de cada dia; para que, em dias vindouros, estejamos mais alertas, mais vigilantes e sobretudo mais obedientes às Leis do Pai, que nos quer tanto e que deseja que nós, aqui na Terra, sejamos compreensivos, para poder nos libertar do sofrimento, causado pela invigilância.
    E um dia, não teremos mais medo de quedas, porque aprenderemos a caminhar corajosamente. Saberemos nos conduzir à altura do nosso Pai, e a vida não terá mais necessidade de nos pôr à prova.
    Coragem amigos!
    Não desanimeis quando tropeçardes ou cairdes.
    Tudo é necessário e oportuno.
    Aprendei sempre e não vos envergonheis quando tiverdes que repetir a lição.
    Que o Senhor Jesus vos aclare a mente. Que o Pai vos acalante e conforte nas duras provas, para que, em breve, estejais dispostos a enfrentar, de pé e com coragem, o temporal, o vento e a chuva, sem revolta, certos de que "Após a tempestade vem a bonança".


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens