Dádiva de Deus

    Desculpar as ofensas sem comentá-las

    Auxiliar os companheiros do caminho sem falar disso a ninguém.

    Humilhar-se para os amigos, a fim de conservá-los.

    Escutar referências infelizes envolvendo-as em silêncio.

    Ver quadros inconvenientes ou destrutivos apagando-lhes as imagens e as cores na memória,para que não cheguem à conversação.

    Solucionar problemas dessa ou daquela pessoa amiga, sem que ela venha a saber disso.

    Abster-se de qualquer comentário infeliz, quando o propósito de enunciá-lo nos visite a cabeça.

    Repetir informações sem alterar a voz e sem críticas, mesmo risonhas, com os nossos semelhantes que ainda não hajam adquirido a suficiência desejável no domínio da compreensão.

    Respeitar as mágoas alheias, vestindo-as com a benção da amizade e do entendimento.

    Aceitar sem melindres a irritação de qualquer pessoa, sem excitá-la com respostas esfogueantes.

    Apagar o braseiro da discórdia, no nascedouro,sem contar vantagens de semelhante construção espiritual.

    Estejamos certos de que as dádivas em favor dos homens são todas elas bênçãos da vida que a vida nos retribuirá fatalmente; no entanto,existem dádivas para Deus que os beneficiados desconhecem, e que Deus saberá premiar com a luz da alegria e com a paz do coração.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens