A+ | A- | Imprimir | Ouça a MSG | Ant | Post

Sobre a lama de um monturo
Um branco lírio sorria,
Alvo, belo, delicado,
Perfumando a luz do dia.

Vendo essa flor cariciosa
No pantanal sujo e imundo,
Via o símbolo do Bem
Entre os males deste mundo.

Pois entre as trevas e as dores
Da vida de provações,
Pode existir a bondade
Irradiando clarões.

E o coração que cultiva
A caridade e o amor,
É a flor cheia de aromas,
Cheia de viço e frescor

Que mesmo dentro da treva
Do mundo ingrato, sem luz,
É lírio resplandecente
Do puro amor de Jesus.


Por: Cornélio Pires, Médium: Francisco Cândido Xavier


Tags

CORNÉLIO PIRES

Leia Também:

Três Trovas: por Cornélio Pires
Ódio e Vida: por Cornélio Pires
Compromisso e União: por Cornélio Pires
Convite Geral: por Cornélio Pires
Paixão de "Sá" Biluva: por Cornélio Pires

Avalie Esssa MSG

1 Voto(s) 0 Voto(s)

Comentários