Amor e Vida

    A radiosa criança nasce entre os campos de trigo, pastagens e montanhas, nas terras judaicas.
    As tradições rezam que o Seu berço contou com sinais de luz de curiosa quão rutilante estrela.
    De menino, já dialogava com os intelectuais notáveis do Templo de Salomão, deixando-os perplexos com tanto saber. 
    Estabelece que viera ao mundo para atender aos imperativos da Divina Vontade.
    Demarca Seus passos com o fogo da verdade e da nobreza d’alma.
    Conversa com príncipes e pobres, meretrizes e bandoleiros, pescadores singelos e potentados, com a mesma tranqüilidade, sem qualquer afetação com uns ou com outros.
    Empreende curas por onde passa: cegos vêem; moucos ouvem; ancilosados se movimentam e caminham; mortos revivem; feridentos são limpos; e Ele sempre suave, sem nenhuma presunção, comovia-se com as dores alheias.
    Percorreu muitas cidades, pregando o bem e a renovação indispensáveis.
    Visitou amigos, honrando-lhes os lares e florindo-lhes as existências, para que nunca mais fosse esquecido.
    Ampara, levanta, ensina, sacia os carentes, exemplifica, perdoa e ama, engrandecido em cada gesto.
    Suporta a traição, a negação, a bofetada, a indiferença, o coroamento com espinhos e a cruz, por fim, compreendendo a premência de testemunhar fidelidade ao Criador em qualquer episódio da estrada.
    Retorna da morte para provar que há sempre vida, e concita os amigos ao bom ânimo e à perseverança no bem.
    E, até hoje, Ele, Jesus, vibra e se agita na alma da Humanidade, falando de amor e de vida plena, por meio dos Seus diletos Emissários.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens