O Trabalho

    Montanhas de livros e pilhas de papéis dão, à mesa, a
    impressão de eficiência no trabalho.
    Todavia, o mais forte e profundo labor não é o
    acúmulo externo de dados, mas o mergulho em profundeza no
    próprio âmago.
    As mãos, o ouvido, os olhos... muito se agitam, mas o
    que realmente produz é a mente silenciosa.
    Todo trabalho, para ser realmente eficiente, precisa
    ter um objetivo sadio; o serviço da ajuda ao irmão.
    O próprio "passatempo" deveria ter finalidade útil,
    para que pudesse ser aproveitado.
    O tempo precisa ser ganho, aproveitado, vivificado;
    jamais procure matá-lo.
    O descanso, ainda que parecendo paralisia externa, é
    revigorante interno que nos proporciona energias; será, pois,
    produtivo, se dele soubermos extrair todo o proveito que nos
    proporciona.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens