Gestação: Encontro entre Almas

“Diante da resposta positiva dos leitores às colunas escritas na Folha Espírita sobre o assunto, surgiu a idéia de transformar esse material em um livro que pudesse amparar e orientar ao longo de todo o processo.”

Fabiana Ganci Feres

A Editora FE lança, neste mês, Gestação: Encontro entre Almas, primeiro livro da médica ginecologista e especialista em Medicina Fetal, Cristiane Ribeiro Assis. Colunista da Folha Espírita, ela conta que a idéia de escrever o livro partiu dos retornos positivos dos leitores do jornal à sua coluna.
Gestação: Encontro entre Almas é um presente para as gestantes, pais, mães e todos aqueles que cercam a vida de uma grávida. Nele, são abordados aspectos da vida do feto dentro do útero; a responsabilidade dos pais; cuidados durante a gestação, não só físicos, mas também emocionais; tratamentos disponíveis; e, principalmente, a repercussão das emoções maternas sobre o feto.
Para Cristiane, o livro poderá ajudar os que têm medo e dúvidas sobre a gestação e os cuidados que devem ser tomados: “A origem das preocupações e dos medos está, na maioria das vezes, na falta de informações ou no seu recebimento de forma distorcida e equivocada. Ao entenderem o que está se passando, a cada momento, com seus filhos, as mães são capazes de focar sua atenção no que realmente importa”, declara.

Folha Espírita - De onde veio a idéia de escrever um livro sobre gestação?
Cristiane Ribeiro Assis - Devido às inúmeras preocupações do dia-a-dia e à falta de informações adequadas, muitas gestantes e seus parceiros estão perdendo a oportunidade de aproveitar ao máximo esse momento tão especial, que é a chegada de um bebê. Diante da resposta positiva dos leitores às colunas escritas na Folha Espírita sobre o assunto, surgiu a idéia de transformar esse material em um livro que pudesse amparar e orientar, ao longo de todo o processo.

FE - Trata-se de mais um livro sobre a gestação ou ele aborda aspectos não explorados, como a influência da espiritualidade?
Cristiane - Nesse livro, buscamos apresentar o feto como alguém capaz de interagir com sua mãe e ser influenciado por suas emoções e o meio externo, desde o momento da concepção. Associamos as informações científicas obtidas nas últimas décadas sobre o assunto com as orientações fornecidas pelos Espíritos Superiores, desde a época de Allan Kardec. Dessa forma, pudemos observar que a ciência está apenas encontrando meios para quantificar aspectos que já eram de nosso conhecimento há muito tempo. Ao compreender tudo que acontece com seu corpo, mente e espírito, a gestante pode estabelecer laços cada vez mais fortes, com seu bebê, desde cedo.

FE - Qual a importância que os pais têm na gestação, além de fornecer o material físico para o novo ser?
Cristiane - Mais do que um corpo, com suas necessidades próprias, gestar um bebê consiste em receber em seu lar um espírito que lhes é confiado por Deus. Ele dependerá da orientação moral recebida de seus pais para se sentir confiante nessa jornada que se inicia, buscando aprender, com eles, coisas que lhe servirão de ferramenta para evitar reincidência em erros cometidos em outras vidas.

FE - O que você pretende passar, para o público em geral sobre seu livro, já que ele não é exclusivo para gestantes? E para as grávidas e “grávidos”, em especial?
Cristiane - De nada adianta um casal, que realmente deseja curtir cada momento de sua gestação, se não tiver o apoio da família, amigos e entes queridos. Quando todos conseguem compreender o que realmente está por trás da chegada de um bebê, a gestação parece transcorrer de forma mais simples e sem complicações, ou angústias desnecessárias. A origem das preocupações e dos medos está, na maioria das vezes, na falta de informações ou no seu recebimento de forma distorcida e equivocada. Ao entender o que está se passando, a cada momento, com seu filho, eles são capazes de focar sua atenção no que realmente importa.

FE - Quais são os pontos mais importantes que você aborda em seu livro e que considera que toda gestante deveria saber?
Cristiane – Particularmente, acredito que toda gestante deveria estar ciente que, dentro de si, carrega a beleza do milagre da vida; que, a partir do encontro entre duas pequenas células (gametas da mãe e do pai), é capaz de gerar um indivíduo único, com todas as suas potencialidades. Nada merece mais a sua atenção do que curtir, cada etapa de seu crescimento, com muito carinho. Os nove meses de gestação passam muito rápido e, em nenhum outro momento, a mãe está tão conectada ao seu bebê. Deve, assim, aproveitar para transmitir a ele o que de melhor têm a oferecer: paz, amor, felicidade e a certeza de que o mundo que o espera é lindo, apesar de todos os contratempos. Quando vamos a algum lugar, desejamos ser bem recebidos. É isso que o bebê espera de seus pais: o melhor acolhimento possível.

* Outras informações sobre esta e demais obras da Editora FE pelo telefone (11) 5585-1977 ou site www.folhaespirita.com.br

Matéria publicada na Folha Espírita de junho de 2007



A+ | A- | Notícia Anterior | Posterior

Datas Importantes do Espiritismo

FEVEREIRO

Dia 01 de 1834
Nasce Francisco Leite de Bittencourt Sampaio, em Laranjeiras, Sergipe. Desencarna no Rio de Janeiro, RJ, a 10 de outubro de 1895
Dia 01 de 1841
Nasce em Buffalo, EUA, o médium de efeitos físicos William Henry Davenport
Dia 01 de 1856
Nasce Anália Emília Franco, em Resende, RJ. Desencarna a 20 de janeiro de 1919, em São Paulo, SP.
Dia 01 de 1905
Nasce em Pacatuba, Ceará, Francisco Peixoto Lins, o Peixotinho, notável médium de efeitos físicos. Conhecido, especialmente, pelas materializações luminosas.
Dia 02 de 1882
Nasce Romeu do Amaral Camargo, na cidade de Rio Claro, SP. Desencarna a 10 de dezembro de 1948.
Dia 02 de 1985
Em Araras, SP, desencarna Genny Villas Boas Mercatelli, fundadora do Hospital Psiquiátrico Antônio Luiz Sayão. Nascida em Santa Rita do Passa Quatro, SP, em 10 de fevereiro de 1911.
Dia 02 de 1990
Divaldo Pereira Franco concede entrevista de 20 minutos à Rádio Universitária de San Juan, em Porto Rico.
Dia 03 de 1955
Desencarna Camilo Rodrigues Chaves, Presidente da União Espírita Mineira. Nascido em Campo Belo da Prata, hoje Campina Verde, no Triângulo Mineiro, a 28 de julho de 1884.
Dia 03 de 1982
Divaldo Pereira Franco concede entrevista de 2 horas à Rádio Cadena Az... Saiba mais...