FEB e UEM: parceria e união em torno das obras de Chico Xavier

Em reunião realizada no dia 31 de março, na sede da Federação Espírita Brasileira em Brasília, a União Espírita Mineira (UEM) e a FEB firmaram parceria para cotejamento (leitura comparada) das obras psicografadas por Francisco Cândido Xavier.

O trabalho conjunto entre as duas instituições visa identificar diferenças editoriais entre os livros lançados pela FEB Editora, as primeiras edições e as obras consideradas definitivas. O intuito é aproximar as edições atuais com a redação apresentada desde as primeiras obras publicadas, trazendo ao público o zelo e o cuidado editorial.

Como consequência dessa parceria, foi redigida Nota Técnica cuja diretriz geral é manter a forma original escolhida pelo autor espiritual, registrada na primeira edição da obra em cotejamento, modificando qualquer aspecto textual apenas quando houver inadequação/incorreção patente da norma culta vigente, comprovada/referendada por mais de um autor específico da área linguística (gramática, léxico, estilística) e/ou para atender à padronização do Manual de Editoração da FEB, sem prejuízo para o conteúdo da obra, bem como para o estilo do autor espiritual.

Estiveram presentes na reunião Jorge Godinho, presidente da FEB, Geraldo Campetti, vice-presidente da FEB e Alisson Pontes, presidente da UEM. Alisson destacou a importância da obra de Chico Xavier ao dizer que “o livro espírita psicografado por Francisco Cândido Xavier é valioso instrumento de consolo e esclarecimento, oferecendo paz e luz a milhares de pessoas no mundo inteiro.” Por sua vez, Jorge Godinho falou sobre o trabalho de unificação ao esclarecer que “unidos somos mais fortes, e unificado, o Movimento Espírita brasileiro auxilia no cumprimento da missão espiritual do país de ser o coração do mundo e a pátria do evangelho.” Por fim, Campetti salientou que “estamos reunidos em prol da importância da literatura espírita, do trabalho que a FEB Editora realiza, voltado para o bem e para a divulgação da Doutrina Espírita.”

Esta ação faz parte das comemorações do Ano de Chico Xavier, em celebração aos 20 anos de sua desencarnação, assim como destaca as diversas obras literárias vindas pelas suas mãos como um grande contributo para a reflexão da Humanidade.


Acesse o cartaz do evento e ajude a divulgar: Clique Aqui

4/4/2022

Notícia Anterior | Posterior

Datas Importantes do Espiritismo

AGOSTO

Dia 01 de 1865
Em Paris, França, Allan Kardec lança O céu e o inferno, quarta obra da Codificação Espírita.
Dia 01 de 1873
Em Londres, Inglaterra, desencarna David Bedlbrook, Presidente da Federação Espírita Internacional e Diretor do Jornal The Fraternally.
Dia 01 de 1947
Fundado o Centro Espírita Luz do Céu, Luz Eterna, em Curitiba, Paraná. Denominação alterada em 1965 para Centro Espírita Luz Eterna.
Dia 01 de 2006
Desencarna em Castro, Paraná, Boanerges Vieira que serviu ao Movimento Espírita por 52 anos, naquela cidade. Nascido em 14 de maio de 1920, na cidade de Campinas, São Paulo.
Dia 02 de 1873
Fundado o Grupo Confúcius, na residência de Francisco Siqueira Dias Sobrinho, sendo o primeiro grupo Espírita do Rio de Janeiro, tendo entre os participantes Bittencourt Sampaio.
Dia 03 de 1889
Em Nova York, EUA, desencarna a médium e escritora Emma Hardinge Britten. Nasce em Londres, Inglaterra, em 14 de junho de 1829.
Dia 03 de 1951
Em Goiânia, Goiás, fundada a Federação Espírita do Estado de Goiás.
Dia 04 de 1918
Nasce em Mallet, PR, Guaracy Paraná Vieira. Foi membro do Conselho Federativo da Federação Espírita do Paraná e um de seus vice-presidentes. Desencarna em 18 de junho de 1991, em Curitiba, PR.
... Saiba mais...