Criança tinha lembranças de vida anterior

Um dos maiores pesquisadores de reencarnação em todo o mundo é Ian Stevenson, um professor de Psiquiatria da Universidade de Virgínia (EUA). Stevenson examina “casos que sugerem reencarnação”, oferecendo descrições e análises detalhadas dos casos que ele descobriu. Depois, ele apresenta todos os detalhes num quadro e logo em seguida os nomes das pessoas pesquisadas, para fazer um cruzamento das informações aduzidas. Esses quadros podem tomar várias páginas e servem para mostrar o cuidado com o detalhamento envolvido no estudo de cada caso.

Um desses casos foi o de Parmod Sharma, nascido em 1944 e filho de um professor que vivia em Uttar Pradesh, na Índia. Segundo Stevenson: “quando Parmod estava com cerca de 2 anos e meio de idade começou a pedir para a mãe não fazer a comida, pois ele tinha uma esposa em Moradabad que sabia cozinhar. Mais tarde, entre 3 e 4 anos, referiu-se a um grande estabelecimento que vendia refrescos e biscoitos e do qual ele se dizia proprietário em Moradabad. Pediu então para ir até essa cidade. Disse que era um dos ‘irmãos Mohan’. Alegou ser abastado e ter um outro estabelecimento em Saharanpur. Ele mostrava um grande interesse em biscoitos e estabelecimentos comerciais... Contou que, na vida anterior, tinha ficado doente depois de comer muita coalhada e disse que havia ‘morrido numa banheira’”.

Stevenson viajou para a Índia a fim de entrevistar a criança. Falou com a família e ficou sabendo que eles não tinham nenhum conhecimento antigo ou amizade com alguém de nome “Mohan”. Stevenson então descobriu que havia uma loja de biscoitos em Saharanpur. E, também, a existência de um irmão que tinha morrido de uma doença gastrointestinal. Ele morreu numa banheira? Quase.

“As testemunhas da família Mehra declararam que Parmanand tentou uma série de banhos naturopáticos como tratamento, quando teve apendicite. Ele submeteu-se a alguns desses tratamentos durante os dias que precederam sua morte, mas, na verdade, ele não morreu numa banheira. Numa carta datada de 7 de novembro de 1949, Sri B. L. Sharma declarou que o garoto Parmod dissera ter morrido por estar ‘molhado’ e que ele (Sri B. L. Sharma) soubera (presumivelmente da família Mehra) que o comerciante Parmanand havia tomado um banho imediatamente antes de sua morte.”

Stevenson pesquisou dezenas de casos de reencarnação em todo o mundo. Embora essa pesquisa seja casuística, apresenta bases muito sólidas, visto que não confia estritamente na palavra da pessoa que passou pela experiência. O trabalho meticuloso de Stevenson no campo da reencarnação concorreu para que o assunto fosse alvo de sérias considerações por parte de seus colegas cientistas. Disse um famoso pesquisador: “o trabalho de Stevenson nos faz avançar no caminho do que se poderia ser chamado de abordagem direta do tema. Tais aproximações atacam o problema de frente, procurando evidências de padrões sobreviventes da personalidade... a sobrevivência passa a ser objeto de pesquisa, um assunto digno de constar na agenda científica”.

Extraído do livro Investigando Vidas Passadas, de Raymond A. Moody Jr. Uma descrição mais detalhada do caso se encontra (em inglês) no site: www.beliefnet.com/story/121/story_12133.htm


Fonte: http://www.amebrasil.org.br/html/outras_crianca.htm

A+ | A- | Notícia Anterior | Posterior

Datas Importantes do Espiritismo

ABRIL

Dia 01 de 1858
Em Paris, França, Allan Kardec funda a Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas.
Dia 01 de 1918
Nasce em Buquim, no sul de Sergipe, José Martins Peralva Sobrinho, mais conhecido como Martins Peralva. Desencarna em 3 de setembro de 2007, em Belo Horizonte, MG.
Dia 01 de 1972
O Jornal Mundo Espírita, da Federação Espírita do Paraná, muda seu formato para tablóide, com 12 páginas e circulação mensal.
Dia 01 de 1994
Aberto o 3º Encontro Confraternativo de Juventudes Espíritas do Paraná, em Campo Largo, com Raul Teixeira. Tema: A busca da identidade. Evento encerrado em 3 de abril de 1994.
Dia 01 de 2001
Encerramento do 5º Simpósio Paranaense de Espiritismo, no Ginásio de Esportes do Círculo Militar do Paraná, em Curitiba, com o tema Espiritismo, educação para a paz, com a coordenação de Divaldo Pereira Franco e Raul Teixeira. Abertura no dia 30 de março de 2001.
Dia 01 de 2005
O Jornal Mundo Espírita, da Federação Espírita do Paraná, muda a sua diagramação.
Dia 02 de 1869
Em Paris, França, é sepultado o corpo de Allan Kardec, no cemitério de Montmartre.
Dia 02 de 1901
Em Juiz de Fora, MG, fundado o Centro Espírita União, Humildade e Caridade, considerado o primeiro Centro Espírita daquela cidad... Saiba mais...