Doutrina Espírita: Por que escolhemos ser espíritas?

Escolhemos a Doutrina Espírita porque provavelmente ela responde as dúvidas e faz com que algumas peças soltas tenham sentido. O Espiritismo é um auxílio à evolução dos espíritos encarnados no planeta Terra, pois como filosofia e ciência elas nos alerta para o uso da razão.

Acreditar e explicar a reencarnação talvez seja um dos pontos que fazem as pessoas chegarem até a Doutrina Espírita. Muitas pessoas chegam até o Espiritismo com a necessidade de um consolo. Isso pode ocorrer devido às eventuais dificuldades da vida ou a perda de um ente querido.

Com uma visão apenas de efeito, não tendo a ciência das causas pregressas dos sofrimentos, algumas dessas questões ficam difíceis de serem compreendidas apenas nesta vida.

O Espiritismo se mostra fiel consolador e apresenta não apenas a existência eterna do espírito, como uma obra consoladora e esclarecedora. Além disso a Doutrina Espírita nos mostra a caridade como sendo o amor em ação, aquele amor dito por Jesus.

A Doutrina Espírita é, e apresenta em sua obra, o Cristianismo, a base do amor e do consolo aos irmãos. Deus é Todas Bondade e Misericórdia. Ele nos possibilita com a reencarnação a oportunidade de aprendizado para nos depurarmos moralmente e nos desenvolvemos intelectualmente.

Talvez não escolhemos ser espíritas; talvez ele nos escolheu. É importante refletirmos que o conhecimento proporcionado pelo espiritismo nos faz ter mais responsabilidades para com os demais e principalmente consigo mesmo.

Se você escolheu o espiritismo, tenha a certeza de que a construção de sua trajetória espiritual está respaldada por conhecimentos importantes. Esteja sempre disposta a instrução e busque em sua vida manter o sentimento de amor no coração e a ação deste amor em forma de caridade.


Fonte: Radio Boa Nova


Acesse o cartaz do evento e ajude a divulgar: Clique Aqui

3/6/2019

A+ | A- | Notícia Anterior | Posterior

Datas Importantes do Espiritismo

ABRIL

Dia 01 de 1858
Em Paris, França, Allan Kardec funda a Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas.
Dia 01 de 1918
Nasce em Buquim, no sul de Sergipe, José Martins Peralva Sobrinho, mais conhecido como Martins Peralva. Desencarna em 3 de setembro de 2007, em Belo Horizonte, MG.
Dia 01 de 1972
O Jornal Mundo Espírita, da Federação Espírita do Paraná, muda seu formato para tablóide, com 12 páginas e circulação mensal.
Dia 01 de 1994
Aberto o 3º Encontro Confraternativo de Juventudes Espíritas do Paraná, em Campo Largo, com Raul Teixeira. Tema: A busca da identidade. Evento encerrado em 3 de abril de 1994.
Dia 01 de 2001
Encerramento do 5º Simpósio Paranaense de Espiritismo, no Ginásio de Esportes do Círculo Militar do Paraná, em Curitiba, com o tema Espiritismo, educação para a paz, com a coordenação de Divaldo Pereira Franco e Raul Teixeira. Abertura no dia 30 de março de 2001.
Dia 01 de 2005
O Jornal Mundo Espírita, da Federação Espírita do Paraná, muda a sua diagramação.
Dia 02 de 1869
Em Paris, França, é sepultado o corpo de Allan Kardec, no cemitério de Montmartre.
Dia 02 de 1901
Em Juiz de Fora, MG, fundado o Centro Espírita União, Humildade e Caridade, considerado o primeiro Centro Espírita daquela cidad... Saiba mais...