Desencarna aos 81 anos o ator Paulo Goulart

O ator Paulo Goulart desencarnou em São Paulo, nesta quinta-feira (13), aos 81 anos. Entre agosto e outubro de 2012, o ator ficou internado devido a um câncer na região entre os pulmões.

Ao longo de sua carreira, iniciada quando ainda era adolescente, Goulart destacou-se por seus trabalhos em novelas como “Plumas e paetês” (1980), “Roda de fogo” (1986) e “O dono do mundo” (1991). Ele também participou de filmes como “Rio zona norte” (1957), “O grande momento” (1958), “Gabriela, cravo e canela” (1983) e “Para viver um grande amor” (1983).

Quando jovem, Paulo Affonso Miessa dizia à mãe que já tinha nascido ator. A brincadeira – que mais tarde se concretizou – vinha do fato de que ele nasceu poucas horas depois dela ter assistido a uma apresentação no circo que visitava a cidade. Era o dia 9 de janeiro de 1933.

Embora tenha nascido em Ribeirão Preto, cresceu em Olímpia, ambos municípios do estado de São Paulo. Ainda menino, teve algumas experiências na Rádio de Olímpia, que era propriedade de seu pai. Chegou até mesmo a participar de um quarteto de vozes, conhecido como “Quarteto Tupã”. Mas aos 16 anos foi para a capital estudar Química Industrial, curso que abandonou no segundo ano. E quem ganhou foi a cultura brasileira!

Em São Paulo, Goulart fez testes como locutor e rádio ator, tendo sido contratado. Esse foi o começo de uma trajetória de sucesso.

Na televisão, participou da primeira novela em horário nobre na TV Paulista, e logo em seguida teve oportunidade de fazer teatro. Foi então que conheceu Nicete Bruno, com quem se casou em 1954 e teve três filhos: Beth, Bárbara e Paulo – todos artistas.

Mais tarde, a família morou também no Rio de Janeiro e em Curitiba.

Quando questionado sobre Ser Espírita, Paulo Goulart dizia:

Todos nascemos com uma missão a cumprir! Procuro cumprir a minha vivenciando a moral espírita e seguindo os fundamentos básicos da doutrina: vivenciar a verdade, não julgar, estudar sempre, não me acomodar, ser generoso. Enfim, fazer a nossa parte, criando assim a sintonia com o polissistema espiritual. Além dos já enumerados, aprendemos que não existe efeito sem causa!
Paulo Goulart participou dos filmes: “Nosso Lar” e “As Mães de Chico Xavier”, colaborou com a Fundação Espírita André Luiz, com a gravação de spots Institucionais.

Nossa gratidão a este espírito que soube, por meio de seu talento “Compartilhar o Bem”.


Fonte: RBN


Acesse o cartaz do evento e ajude a divulgar: Clique Aqui

13/3/2014

Notícia Anterior | Posterior

Datas Importantes do Espiritismo

SETEMBRO

Dia 01 de 1865
Nasce Leôncio Correia, em Paranaguá, Paraná. Foi Presidente da Liga Espírita do Brasil, depois Liga Espírita do Estado da Guanabara. Desencarna em 19 de junho de 1950, no Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.
Dia 01 de 1873
Nasce Olímpio Alves Lisboa, em Guarapuava, Paraná. Foi Presidente da Federação Espírita do Paraná de 11.01.1920 a 09.01.1921 e de 08.01.1922 a 14.01.1923. Desencarna em Curitiba, em 13 de dezembro de 1941.
Dia 01 de 1875
Em Natal, Rio Grande do Norte, por Manoel Gomes da Silva, editado o primeiro jornal espírita do Rio Grande do Norte
Dia 02 de 1914
Desencarna Eugene Auguste Albert de Rochas, magnetizador e pesquisador dos fenômenos mediúnicos. Nasce em 20 de maio de 1837, em Saint-Firmin, Alpes, na França.
Dia 02 de 1982
Divaldo Pereira Franco realiza conferência na Universidade de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul.
Dia 02 de 1984
Fundada a Sociedade Espírita Meimei, em Campo Mourão, Paraná.
Dia 03 de 1951
Em Goiânia, Goiás, fundada a Federação Espírita do Estado de Goiás.
Dia 03 de 1983
Divaldo Pereira Franco recebe Diploma da Federação de Estabelecimentos de Ensino Superior, em razão de sua conferência nas Faculdades Unidas de Bagé, Rio Grande do Sul.
Dia 03 de 1990
Div... Saiba mais...