Tarefas Mútuas

    Aceita a fatalidade do progresso.

    Porque se rogue na Terra auxílio aos Amigos Espirituais, não admitas estejam eles sem necessidade do Teu concurso.

    Os corações se entrelaçam e as vidas se tocam, à feição das estradas e das fontes que se identificam nos mesmos objetivos.

    Aqui, alguém esmorece na provação, abeirando-se do suicídio.

    Nesse mesmo lugar, sentinelas invisíveis de abnegação te aguardam a presença e o apoio, para que inicies a obra socorrista com a frase humanitária e encorajadora que essas mesmas sentinelas saberão suplementar.

    Ali, esse ou aquele obreiro da beneficência está prestes a cair em desânimo...

    Benfeitores do Mais Além te esperam junto de semelhante trabalhador, de modo a que promovas ligeiro gesto de auxílio, capaz de transferi-lo das cinzas da tristeza para as fontes da esperança.

    Mães agoniadas estão desfalecentes entre o desalento e a penúria...

    Emissários do Bem contam contigo para alguma demonstração de fraternidade, junto delas, incumbindo-se de te manipular a colaboração em recursos providenciais para socorrê-las.

    Crianças infelizes se aproximam da delinqüência...

    Mensageiros da Vida Superior, em derredor, te pedem amparo que transformarão em reconforto a assistência, em benefício dos pequeninos.

    Amigos da Caridade, renteando com irmãos enfermos e necessitados em lares e hospitais, recintos de tratamento e instituições outras, te solicitam o socorro possível que se encarregam de converter em colaboração eficiente, no apoio a eles, qualquer que seja a migalha de proteção que lhes possas oferecer.

    Amor é solidariedade.

    Progresso é intercâmbio.

    Auxilia e auxiliar-se-te-á.

    Ilumina a estrada de alguém e estarás iluminando a ti mesmo.

    Abençoa o próximo e teus caminhos se farão abençoados.

    Ajuda-te sempre, especialmente ajudando aos outros, e o Céu te ajudará.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior

    Acesse todas as Mensagens