A+ | A- | Imprimir | Ouça a MSG | Ant | Post

Você deseja saber,
Meu caro Breno Monteiro,
Como se vê, de outro mundo,
A presença do dinheiro.

Dinheiro visto do Além,
Atente bem para isso,
É motor de evolução,
Alavanca de serviço.

Lembrando estudos no Alto,
Um pensamento me alcança:
"- Finança gera trabalho,
Trabalho gera finança."

Pense no brilho celeste
Das bênçãos que se arrecade,
Sob a forma de moedas
No câmbio da caridade.

Ninguém conhece na Terra
Toda a luz que se derrama
Da moeda de passagem
No coração de quem ama.

Moeda, em nome do amor,
Não consigo descrevê-la,
Onde surge auxiliando
Mais se parece a uma estrela.

Aqui, apoia mães tristes,
Agindo discretamente,
Ali, restaura a alegria
De uma criança doente.

Faz-se depois teto amigo,
Defesa da vida sã,
Remédio aplicado hoje
Para a saúde amanhã.

Além, transforma-se em livro,
Alimento, roupa, escola,
Mão generosa da bênção
Que recupera ou consola.

Além de tudo, o dinheiro
Com a grandeza que não meço,
Faz-se argamassa invisível
Na construção do progresso.

É máquina multiforme,
É torre de grande altura,
Comércio, fraternidade,
Educação que se apura.

Dinheiro, em nome de Deus,
Nunca fez males que eu visse,
O que atrapalha a moeda
É a unha da sovinice.

Finança, por si, não cria
Loucura, dor, abandono...
Veja esta frase expressiva:
- Dinheiro retrata o dono.

O crédito sem trabalho
E o cofre cheio e infecundo,
São duas calamidades
Roendo as forças do mundo.

O dinheiro que apareça
Com passaporte no bem,
É sempre apoio da vida,
Não prejudica a ninguém.

Disse o Cristo: "céu aos ricos
Nem sempre é fácil de achar..."
É que o pão duro já vive
No inferno particular.


Por: Cornélio Pires, Do livro: Baú de Casos, Médium: Francisco Cândido Xavier


Leia Também:

Desapego: por Emmanuel
Oração por Dinheiro: por Meimei
A Lenda do Dinheiro: por Neio Lúcio
Valores e Moedas: por Momento Espírita
A Surpresa do Crente: por Irmão X

Avalie Esssa MSG

0 Voto(s) 0 Voto(s)

Comentários