A+ | A- | Imprimir | Ouça a MSG | Ant | Post

Não esperes por fortuna
Para ajudar a quem chora,
Estende o apoio da hora,
Que possas movimentar;
Para o irmão que necessita
Migalha do que te reste
É bênção que se reveste
De regozijo invulgar.

Talvez não saibas ainda
Que a criança desvalida
Sem proteção para a vida
Não conhece estrada sã;
Da cabeça pequenina
Cuja dor ninguém pressente
Pode nascer facilmente
O malfeitor de amanhã.

Muitos amigos alegam,
Seguindo estranha cartilha
Que amparo aos outros humilha
Sem justo apoio a ninguém;
Mas ignoram que olvido
Às dores da vida alheia
É mal que surge e se alteia
Ferindo a força do bem.

Apóia, ajuda, perdoa...
Na Providência Divina,
A caridade é vacina
Contra revolta e rancor;
Uma prece, uma esperança,
Um pão pobre e pequenino
São sempre tijolo e ensino
Erguendo o Reino do Amor.


Por: Maria Dolores, Médium: Francisco Cândido Xavier


Tags

MARIA DOLORES

Leia Também:

Natal do Vencedor: por Maria Dolores
Oração de Natal: por Maria Dolores
Agradeço Senhor: por Maria Dolores
Confiança: por Maria Dolores
O Nome de Jesus: por Maria Dolores

Avalie Esssa MSG

0 Voto(s) 0 Voto(s)

Comentários