A Didática da Doutrina

    O leitor atento, o estudioso da Doutrina Espírita já percebeu o caráter amplamente didático da Codificação Espíritas. Breve análise ao O Livro dos Espíritos deixa claro esta característica. As matérias estão sequencialmente organizadas de forma a facilitar o entendimento e numa ordem crescente que parte do conhecido para explicar o que ainda é desconhecido, de forma que o leitor vá raciocinando junto para entender.
    Assim também nos demais livros. É magnífico, por exemplo, o conteúdo de O Livro dos Médiuns, desde sua introdução. A quem estuda com constância, comparando e pesquisando, será fácil entender a existência dos espíritos e possibilidade do intercâmbio com eles. Mas será necessário primeiro entender quem são os espíritos, o que fazem, onde habitam, porque buscam os homens. E isto está em O Livro dos Espíritos.
    Embora escritos a partir de 1857 e até 1868, os livros da Codificação Espírita contém verdadeiras jóias de esclarecimento e orientação. O mais conhecido livro, O Evangelho Segundo o Espiritismo apresenta conceitos e fundamentações de grande importância para a real felicidade do homem. Nem sempre percebemos numa leitura rápida ou sem profundidade, daí a necessidade do estudo permanente. Este propiciará perceber as sutilezas das entrelinhas e a grandeza de seus ensinamentos. O mesmo com as questões de O Livro dos Espíritos: quantas vezes lemos e relemos e só depois de muitos anos vamos perceber a relação da resposta com as situações de nosso cotidiano. Os escritos estão lá, nós é que vamos aos poucos percebendo a atualidade e finalidade de seus ensinos. Há muito o que estudar nessas obras que modificaram a História humana.
    Todas as distorções e dificuldades que se encontram na prática espírita, como disse o próprio Codificador, tem como causa o desconhecimento desses princípios claramente expostos nas citadas obras.
    Ao espírita cabe o dever de estudá-las continuamente. Aos Centros Espíritas fica também o dever de promover o estudo, envolver a Casa com a obra da Codificação, estimulando seus integrantes e frequentadores para o estudo e o real entendimento da proposta espírita. Esta visa a harmonia, o crescimento, a felicidade humana, mas tem que ser conhecida e não há outra forma de fazer isso senão pelo estudo.
    Aproveite, pois, amigo, a forma didática apresentada pelo Codificador na organização dos ensinos transmitidos pelos espíritos. Forme sua própria consciência, estude e siga a Doutrina, nunca a pessoas. Com o estudo permanente você saberá discernir como agir, como proceder nas dificuldades, pois estará claramente orientado pelo que ensina a Doutrina Espírita, que é verdadeira luz para os caminhos humanos.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior

    Acesse todas as Mensagens